COVID-19

O que os consumidores esperam das marcas em tempos de pandemia?

O mundo segue em luta contra o novo coronavírus, o COVID-19. Porém, em meio à crise de saúde pública global diversas iniciativas positivas estão surgindo.

A todo momento recebemos diversas informações sobre o que está sendo feito para amenizar os graves efeitos da crise. Populares, empresas, instituições estão colaborando de variadas maneiras.

São nos momentos de adversidade que as pessoas mostram realmente quem são. E com as marcas não poderia ser diferente. Diante do cenário preocupante que se encontra o Brasil, assim como em diversos outros países, muitas empresas estão mostrando todo o seu valor de marca, com comunicações e ações em prol do combate ao COVID-19.

Mais do que nunca é chegado o momento de as empresas colocarem em prática tudo que pregam em seus valores e missões. O foco agora é salvar vidas. Há doações em dinheiros, em produtos ou serviços, cada marca pode encontrar a sua forma de colaborar. O Monitor de Doações está reunindo algumas dessas iniciativas.

Uma iniciativa que ganhou destaque esta semana foi idealizada pela Leroy Merlin. A empresa está produzindo protetores faciais em 3D para doação a hospitais. A marca  está disponibilizando equipamentos, matéria-prima e mão de obra para a produção de máscaras, que são de extrema necessidade para os profissionais de saúde. A ação da Leroy Merlin vai ao encontro dos valores da empresa, que tem a bricolagem em seu DNA. Dessa forma, encontrou uma maneira de colocar a mão na massa para ajudar.

COVID-19: RESSIGNIFICAR AS RELAÇÕES

A pandemia do COVID-19 entrará para os livros de história. Dificilmente as pessoas serão as mesmas quando tudo isso passar, porque vai passar.

E para analisar como as mudanças já estão ocorrendo com os brasileiros, o KANTAR fez uma pesquisa sobre os impactos da quarentena nas marcas e no comportamento de consumo.

A esmagadora maioria dos entrevistados concordam que as empresas devem comunicar seus esforços para enfrentar a situação e sobre como podem ser úteis no dia a dia. Além disso, afirmam que as marcas não devem explorar a situação em benefício próprio. Afirmam ainda que as marcas devem preservar a saúde de seus funcionários, oferecer doações e ajuda para pesquisas científicas e compras de materiais hospitalares.

A pesquisa reforça que os consumidores esperam que as marcas sejam solidárias e úteis. No futuro próximo algumas marcas serão lembradas por toda a sua solidariedade e união no enfrentamento ao coronavírus; outras, pela sua omissão.

A economia será recuperada, as vendas voltarão a bater recordes, a classe trabalhadora nunca fugiu do trabalho, só que agora a prioridade é preservar vidas.

E a sua empresa como está agindo diante de tantos desafios?

POR VOCÊ E PELO OUTRO

Siga as orientações dos órgãos de saúde. Fique em casa por você e pelo outro. Com a colaboração de todos vamos vencer mais esse desafio.

LEIA TAMBÉM:

Como usar o potencial da videoconferência em tempos de quarentena?

Redes sociais: cuidados que todo executivo deve ter para não prejudicar a imagem de sua empresa

A importância da assessoria de imprensa para sua empresa

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email